terça-feira, novembro 23, 2010

O templo dos fetos abortados


É isso o que acontece quando o governo e a igreja acreditam que cabe a eles decidir ceder ou vetar o direito das mulheres de decidir parir ou não parir seus filhos, por qualquer que seja a razão.

E a prova de que criminalizar o aborto não adianta está aí: mais de 2000 fetos encontrados em um templo (ironia!) budista na Tailândia.

O pior é saber que as mulheres que abortaram muito provavelmente foram mal-atendidas, tiverem que entrar e sair escondidas dos buracos onde precisaram se enfiar, e depois foram obrigadas a esconder a dor física e emocional do procedimento. Quando tudo isso poderia ser feito em um hospital, com atendimento e tratamento adequado.

Mas é mais fácil julgar e palpitar sobre a vida dos outros do que simplesmente ser humano e solidário, não é? Então continuamos vivendo as nossas vidinhas "horrorizados" com o tal do aborto, e fingindo que não acontece, aqui em casa mesmo, e na casa da vizinha, da prima, da tia, da sobrinha... Ah, a cegueira!

Fonte:

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2010/11/101119_fetos_tailandia_ec_jf.shtml
Postar um comentário

Postagens populares