segunda-feira, julho 26, 2010

Falsos conceitos sobre a doença mental

As pessoas afetadas por problemas de saúde mental são muitas vezes incompreendidas, estigmatizadas, excluídas ou marginalizadas, devido a falsos conceitos, que é importante que sejam esclarecidos e desmistificados, tais como:

  • As doenças mentais são fruto da imaginação;
  • As doenças mentais não têm cura;
  • As pessoas com problemas mentais são pouco inteligentes, preguiçosas, imprevisíveis ou perigosas.

Estes mitos, a par do estigma e da discriminação associados à doença mental, fazem com que muitas pessoas tenham vergonha e medo de procurar apoio ou tratamento, ou não queiram reconhecer os primeiros sinais ou sintomas de doença.

O tratamento deverá ser sempre procurado, uma vez que a recuperação é tanto mais eficaz quanto precoce for o tratamento.

Mesmo nas doenças mais graves é possível controlar e reduzir os sintomas e, através de medidas de reabilitação, desenvolver capacidades e melhorar a qualidade de vida.

Todos nós podemos ajudar

  • Não estigmatizando;
  • Apoiando;
  • Reabilitando;
  • Integrando

Integração das pessoas com doença mental

Os indivíduos afetados por problemas de saúde mental são cidadãos de pleno direito. Não devem ser excluídos do resto da sociedade, mas antes apoiados no sentido da sua plena integração na família, na escola, nos locais de trabalho e na comunidade.

Permita-se abrir os olhos e o coração criando mais oportunidades no mundo dos estudos e do trabalho para as pessoas portadoras de doenças mentais.


Fontes:

Texto:http://www.adeb.pt/saude_mental/saude_mental/o_que_e_saude_mental.html

Imagem: http://mymonsterhasaname.com/wp-content/uploads/2009/07/mental-illness-heads.jpg

Postar um comentário

Postagens populares