quarta-feira, maio 05, 2010

Legislação sobre o aborto no mundo


Entre 1950 e 1985 quase todos os países desenvolvidos liberalizaram as suas leis sobre o aborto por motivos de direitos humanos e segurança. Em países onde o aborto ainda é ilegal, sente-se uma forte influência de antigas leis coloniais que nem sempre refletem a opinião da população local.


Código de Cores do Mapa:

VERMELHO:
O aborto é ilegal em todas as circunstâncias ou é permitido apenas em caso de risco de vida da mulher

VINHO:
O aborto é permitido por lei apenas em risco de vida ou para proteger a saúde física da mulher

AMARELO:
O aborto é permitido por lei apenas em risco de vida ou para proteger a saúde mental da mulher

AZUL:
O aborto é permitido por lei com base em motivos socioeconómicos

BRANCO:
Aborto permitido mediante requisição


Vermelho do Mapa

Américas e Caraíbas:
Brasil, Colombia, Chile, República Domenicana, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Venezuela;

África:
Angola, Benin, Africa Central, Congo, Côte d'Ivoire, Democrática Rep. do Congo, Gabão, Guinea- Bissau, Kenia, Madagascar, Mali, Mauretania, Nigéria, Senegal, Somália, Tanzânia, Togo, Uganda.

Oriente Médio e África do Norte:
Afeganistão, Egito, Iran, Libano, Libia, Oman, Sudão, Siria, Emirados Árabes, Iemen.
Ásia e Pacifico:
Bangladesh, Indonesia, Laos, Mianmar, Papua Nova Guiné, Filipinas, Siri Lanka.

Europa:
Irlanda, Malta.


Vinho do Mapa

Américas e Caraíbas:
Argentina, Bolivia, Costa Rica, Equador, Peru, Uruguai

África:
Burkina Faso, Burundi, Camarão, Eritrea, Etiopia, Guinea, Malaui, Moçambique, Zimbabué

Oriente Médio e África do Norte:
Kuwait, Marrocos, Arábia Saudita

Ásia e Pacifico:
Paquistão, Coreia do Sul, Tailandia

Europa:
Polônia



Fonte: Women on Waves

http://www.womenonwaves.org/set-158-pt.html

Postar um comentário

Postagens populares