sábado, agosto 08, 2009

Hábitos alimentares, comida industrializada e suas conseqüências em nossa qualidade e estilo de vida

Para começar a série de posts sobre “hábitos alimentares, comida industrializada e suas conseqüências em nossa qualidade e estilo de vida”, nada melhor do que ter acesso a uma visão panorâmica sobre o tema.

Para tanto, tive a sorte de encontrar um livro que deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas e universidades, assim como deveria ser uma opção de presente de natal ou aniversário... veja o porquê:

Há alguns anos atrás os fotógrafos Peter Menzel e Faith D'Aluisio decidiram viajar pelo mundo e fotografar 30 famílias em 24 países.

A intenção de Menzel e D'Aluisio era tirar fotos das famílias cercadas pela comida que consumiriam em uma semana, assim como estimar o custo do consumo alimentar semanal de cada uma dessas famílias.

A idéia virou projeto e o projeto virou um magnífico livro chamado: Hungry Planet - what the world eats (Planeta faminto - o que o mundo come), que traz as fotos citadas acima, seguidas por descrições detalhadas sobre a natureza e o valor em dólares e em moeda nacional do consumo alimentar semanal das famílias.

Os autores e fotógrafos tiveram o cuidado de separar o material fotografado da seguinte forma: a) informações específicas sobre a família fotografada e b) informações gerais sobre os hábitos alimentares de grande parte das famílias daquele país, assim como citou as consequências desses hábitos em nível nacional.

Nesse sentido, o livro Hungry planet se apresenta como algo que vai muito além de uma coletânea de fotos, mas sim como um riquíssimo banco de dados que, através das fotos de cada uma das famílias, nos permite tomar conhecimento sobre:

a) Os produtos consumidos em categorias, de modo que é possível identificar quanto uma determinada família gasta com bebidas, frutas e verduras, comida natural, comida congelada, sementes e cereais, sobremesas, enlatados, pré-cozidos, etc. Estas categorias, por sua vez, são seguidas por sub-categorias que nos permitem saber como aquela comida foi obtida (pesca, caça, troca, compra na feira livre, compra em supermercado, compra online,), como foi armazenada (geladeira, freezer, alimentos desidratados guardados em sacos plásticos, caixas de isopor) e como foi servida: crua, cozida, assada, frita; em fogo à lenha, fogão à gás, fogão elétrico, forno, microondas... E cada capítulo reservado à família de um determinado país, traz uma receita de preparo de um prato que é bem característico do hábito alimentar da família em questão.

b) O número de lojas do Mac Donalds existente naquele país; o número de pessoas diabéticas; o número de pessoas acima do peso; o número de pessoas obesas; expectativa de vida, etc...

Eu encontrei este livro na biblioteca da cidade onde moro e só saí de lá 3 horas depois, quando finalmente cheguei ao final da última página, com um bloco de anotações repleto de informações que eu gostaria de compartilhar com vocês.

Para a minha sorte encontrei este vídeo que traz boa parte das fotos do livro e que ajudará a ilustrar um panorama alimentar em nível mundial. O ideal realmente é comprar o livro, ou ter acesso a ele através de alguma biblioteca, a fim de se aprofundar no assunto e comparar todas as informações citadas no item “b)”.

Mas, por enquanto, só me resta oferecer um prenúncio do livro via vídeo.

Nas imagens deste vídeo é possível observar as diferenças de hábitos alimentares e seus respectivos custos de um país para outro.

Veja as fotos e preste atenção no tipo de comida e na variedade de produtos em contraste com o número de membros das famílias fotografadas. Preste atenção também no tipo físico das pessoas. Veja como vários dos membros que pertencem às famílias que têm uma alimentação mais industrializada (refrigerantes, sucos artificiais, salgadinhos, pizza congelada, sorvete, etc) apresentam traços de obesidade em desenvolvimento ou obesidade aguda.

Reflita sobre essas diferenças, visualize o seu consumo semanal: o que você come, como come, onde compra, como compra, como guarda, como cozinha, como serve, quanto custa... e voltaremos ao assunto logo, logo.


Fontes:

http://cybervida.com.br/planeta-faminto-o-que-familias-de-todo-o-mundo-consomem (informações sobre o livro em português)

http://www.youtube.com/watch?v=osSpWbmEYF4 (video)

Postar um comentário

Postagens populares