terça-feira, março 31, 2009

SICKO - S.O.S. SAÚDE


Neste documentário Michael Morre aponta suas câmeras para um dos maiores problemas em todo o mundo: o sistema de saúde. Ele começa tirando a sujeira de baixo do tapete do seu próprio país, ao denunciar a máfia da indústria farmacêutica, dos planos de saúde e do sistema de assistência médica, que mantém o "rabo preso" ao financiar campanhas políticas, como a de Hillary Clinton, que são pagas por conglomerados farmacêuticos (a campanha da ex-candidata a presidente é a segunda maior dos EUA no quesito "dinheiro de médicos, hospitais, indústrias farmacêuticas e planos de saúde", perdendo apenas para a do Senador Rick Santorum da Pennsylvania.

A opinião de Moore é clara: tratamentos de saúde deveriam ser gratuitos e para provar que não se trata de utopia: ele viaja a países que contam com um sistema de saúde 100% público e eficiente, tal qual os da França, Inglaterra, Canadá e Cuba (!).

Antes mesmo do documentário chegar ao fim eu já experimentava exaustão e tristeza profundas. Todas aquelas estatísticas revoltantes, aqueles rostos doentes implorando em filas quilométricas por uma chance de serem atendidos, tanta gente que pagou plano de saúde a vida inteira e na hora que precisou não pode fazer uma cirurgia que salvaria suas vidas, tanto esquema, tanta roubalheira, tanta corrupção... e olha que o documentário tratava do sistema de saúde dos Estados Unidos - que ocupa o 35º lugar no Hanking de qualidade dos sistemas de saúde no mundo, enquanto o Brazil amarga o 125º lugar -, imaginem só o que acontece aqui, em nosso território verde e amarelo... por debaixo dos leçóis... dos hospitais.



Fonte:
http://www.omelete.com.br/cine/100011296/Sicko___S_O_S__Saude.aspx
http://mywheel.net/blogpt/wp-content/uploads/2008/02/sicko-3.jpg
Postar um comentário

Postagens populares